Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Notícias do Correio 22 - Partido da República

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


Clique no ícone do Media Player para assistir ou fazer download do vídeo em wmv
 

Clique no ícone acima para conhecer a Biblioteca de Vídeos do PR no You Tube
 

Clique no ícone acima para fazer download do vídeo em MP4 e enviar pelo whatsapp
 

Clique no ícone acima para assistir ou fazer download do vídeo em Quick Time (plataformas da apple)
 
07/06/2019 — Para assistir o vídeo do lado esquerdo da tela, você precisa instalar o Flash player
 
 
Líder do PR no Senado, senador Jorginho Mello (PR-SC)
Líder do PL na Câmara dos Deputados, Wellington Roberto (PB)
Brasília - O Líder do PL na Câmara os Deputados, deputado Wellington Roberto (PB), rechaçou a tese do chamado “toma lá da cá” para orientar as relações institucionais entre o governo e o Congresso Nacional, durante entrevista concedida à rádio Jovem Pan, do Estado de São Paulo, na última quinta-feira (6).

“Eu quero que apareça alguém do governo pra comprovar que alguém do PL participou de toma lá, da cá”, desafiou o Líder liberal quando esclareceu que o PL nunca reivindicou qualquer benefício do governo Bolsonaro, depois de questionado por um dos entrevistadores do programa transmitido ao vivo para todo o Brasil.

O parlamentar paraibano, durante a entrevista, fez questão de apresentar os argumentos técnicos que explicam a atuação de sua legenda. Ele salientou, inclusive, que, na última semana, o PL impediu, na comissão de Orçamento do Congresso, a costura de um acordo para a liberação de crédito suplementar de R$ 248 bilhões, sem o pleno esclarecimento relativo ao emprego desses valores.

Os liberais questionaram o fato de que esse acordo autoriza o governo a emitir títulos no mercado em valor superior ao necessário para a recomposição das despesas do governo em 2019. “Nós defendemos esse crédito, mas não nos valores solicitados pelo governo”, esclareceu Wellington Roberto ao ressaltar que o próprio governo disse que só precisa de R$$ 140 bilhões, através de sua equipe econômica.

“O que o PL quer é que o governo dê mais transparência a estes números, de modo que o governo possa usar essa diferença [de algo próximo de R$106 bilhões] em investimentos para saúde e educação”, antecipou o líder liberal ao descartar o caráter de obstrução atribuível à iniciativa do seu partido. “Ha tempo pra isso, até a terça feira podem aprovar assim”, previu Wellington Roberto ao ressaltar que não há dificuldades para que o crédito seja aprovado com mais transparência, recompondo recursos para a educação e saúde, definida pelo paraibano como “caótica”.





Topo


© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SEDE NACIONAL DO PARTIDO DA REPÚBLICA

ENDEREÇO:

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil XXI . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF




Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922


LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SHIN CA 09 LT 16 SALA 115 - ED. GREEN HILLS - LAGO NORTE CEP: 71503-509

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/